#16 Como adiar o fim do mundo? Entrevista especial com Aílton Krenak

Capa ep16 botao-baixar-maiorbotao-assinar-maiorbotao-compartilhar-maiorbotao-twittar-maior

Saudações caros amigos e amigas do Hiperbólico!

No episódio de hoje temos o prazer de contar com o pensador e um dos maiores líderes indígenas do Brasil: Aílton Krenak!

A pergunta do hiperbólico de hoje – “Como adiar o fim do mundo?” –  é diretamente inspirada no mais recente livro de Krenak intitulado “Ideias para adiar o fim do mundo”.

Aílton Krenak nasceu em Minas Gerais em 1959 é jornalista, escritor e professor (e ousaria dizer que filósofo também), recebeu o título de doutor “honoris causa” pela Universidade Federal de Juiz de Fora em 2016.

Desde os anos de 1980 Aílton Krenak tem se destacado no cenário nacional na luta pelo direito dos povos originários (termo, segundo ele, mais adequado que “índio” ou “indígena”), nesse contexto ajudou a formar a União das Nações Indígenas (UNI) e a Aliança dos Povos da Floresta e é um dos responsáveis diretos pelo capítulo sobre os índios em nossa Constituição.

A entrevista com Aílton foi realizada na belíssima ilha de Paquetá durante as atividades da 7.ª edição da Olimpíada de Filosofia do Estado do Rio de Janeiro que trazia como tema, este ano, a felicidade.

Assim, desejos à todos uma feliz escuta e esperamos seus comentários e críticas!

Se gostar, por favor curta e compartilhe esse episódio!

Bora lá!

Continuar lendo

#15 Por que estudar Foucault?

Capa ep15 foucaultbotao-baixar-maiorbotao-assinar-maiorbotao-compartilhar-maiorbotao-twittar-maior

Saudações pessoal!

Neste episódio trazemos o bate-papo, que estávamos devendo desde o ano passado, com os nossos amigos, os professores e pesquisadores, Daniel Galantin (Universidade Estadual de Londrina) e Thiago Ribas (Universidade Federal do Rio de Janeiro) sobre a atualidade do pensamento do filósofo francês Michel Foucault.

Em uma conversa gravada no início de 2018 – e que quase se perdeu devido à problemas técnicos – nossos dois convidados falam aos ouvintes do Hiperbólico “um pouco de tudo” sobre Foucault. Tratam da trajetória pessoal e intelectual do pensador, de seus temas, estilos e métodos de pesquisa filosófica, da recepção e tradução no país e, principalmente, trazem os problemas – mais que atuais – que o filósofo abordou e que ajudam à responder à pergunta: “Por que estudar Foucault?”.

Enfim, é uma conversa para quem quer conhecer um pouco mais sobre o que pensava esse importante filósofo contemporâneo, mas também é uma significativa apresentação para aqueles que podem ser considerados já “iniciados” na filosofia.

Pois bem… desde já agradecemos a espera e a escuta!

Curta e compartilhe por favor!

Bora lá!

Continuar lendo

#14 O que as abelhas podem nos ensinar?

Capa5.pngbotao-baixar-maiorbotao-assinar-maiorbotao-compartilhar-maiorbotao-twittar-maior

Saudações caros ouvintes do Hiperbólico!

Neste episódio vamos abordar um tema um pouco exótico para filósofos: as abelhas!

Vamos nos valer de peculiaridades sobre a vida das abelhas para refletirmos, com o auxílio de passagens de autores consagrados, sobre diferentes aspectos políticos, sociais, educacionais e econômicos de nossas vidas. Destaca-se, nesse sentido, o que as abelhas podem nos ensinar em relação a manutenção de toda a vida no planeta.

O episódio conta com as observações e reflexões dos integrantes da equipe Hiperbólico, mas com especial destaque para os conhecimentos de nosso amigo Douglas Lopes que tem se dedicado, nos últimos meses, ao conhecimento e a criação de abelhas nativas.

Desejos uma ótima escuta de todos! Esperamos comentários e críticas!

Se gostar, por favor curta e “polinize” (compartilhe) esse episódio!

Bora lá!

abelha-imagem-animada-0169

Continuar lendo

#13 O que é pessimismo?

thumbnail ep13botao-baixar-maiorbotao-assinar-maiorbotao-compartilhar-maiorbotao-twittar-maior

Saudações pessoal!

Quanto tempo né!?

Pois é… depois de uma longa pausa, motivada por uma série de questões pessoais de toda a turma, finalmente voltamos!

Neste episódio poderão conferir as observações do Prof. Vilmar Debona da Universidade Federal de Santa Maria sobre um tema, quase um estado de espírito ou condição existencial, o pessimismo.

A partir do pensamento do filósofo alemão Arthur Schopenhauer, o Prof. Vilmar nos levará a reflexão sobre a importância do pessimismo para a conquista de uma importante sabedoria de vida. Contrariando a imposição de uma vida em que somos quase obrigados a estarmos sempre felizes e alegres, o pessimismo, muito diferente de um estado depressivo a ser evitado, pode se tornar uma indispensável arma de sobrevivência crítica na atualidade.

Pois bem… desde já agradecemos a espera e a escuta!

Curta e compartilhe por favor!

Bora lá!

Continuar lendo